Logo do Site

Benefícios fornecidos aos trabalhadores, você já pensou nesse assunto?

As empresas sempre buscam reter seus talentos e sabemos que só dinheiro ou salário, não é o todo em uma empresa e nessas relações, o ambiente, a possibilidade de crescimento e capacitação conta muito.

O gestor do RH, sabe bem como tem que se dedicar na busca de diferenciais, pois já faz um bom tempo em que as pessoas busca em um emprego mais do que apenas uma remuneração adequada, ainda que acima da média do mercado em uma ou outra empresa.

Pagar mais é uma ferramenta, uma forma que ajuda na retenção do funcionário, sempre foi uma das formas mais diretas de se atingir esse objetivo, porém a alta carga previdenciária, inviabiliza o aumento salarial, já que a cada funcionário trabalhando na iniciativa privada gera um custo à empresa de quase 100% a mais de seu salário. Isso, sem mencionar o desafio da empresa em manter os contratos com lucro suficiente para suportar os custos totais, nesses tempos de aperto e renegociações para redução. Você já pensou nisso?

A absurda carga tributária que pesa para empregar pessoas no Brasil fez com que o nosso país se tornasse o país dos benefícios, uma vez que são isentos de carga tributária, transformando numa ferramenta e alternativa para remunerar melhor os colaboradores.

Segundo a legislação vigente, existem benefícios que as empresas devem fornecer obrigatoriamente, enquanto outros são opcionais.

São obrigatórios pela CLT:

  • Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
  • Vale-transporte (em caso específico que será descrito adiante);
  • Férias;
  • Décimo terceiro salário;
  • Seguro de vida;

Algumas convenções coletivas trabalho (CCT), são pactuados particularmente entre empregados e representantes de classe, são eles:

  • Assistência médica e odontológica;
  • Vale-alimentação ou refeição;
  • Auxílio-creche entre outros;
  • Uniformes;
  • Reciclagens ou cursos adicionais;

Na busca do funcionário ideal, é fundamental que as empresas conheçam as necessidades de seus funcionários e saibam implementar benefícios que possam valorizar àqueles colaboradores que se diferenciam, que cumprem suas rotinas, com disciplina, independente daqueles dias não tão bons. Esses funcionários entendem ser os representantes na ponta da empresa e se comprometem na manutenção e satisfação do Cliente.

Se por um lado o profissional se tornou mais exigente, por outro as organizações também passaram a entender as vantagens alcançadas ao investir na qualidade de vida e bem-estar do colaborador, já que isso significa um aumento de produtividade.

Por isso, neste texto vamos conhecer os principais tipos de benefícios oferecidos pelas empresas e quais as vantagens de adotá-los.

“É curioso que a busca pelo sucesso possa ser um catalisador do fracasso. Em outras palavras, o sucesso pode nos impedir de nos concentrarmos nas coisas essenciais que, antes de qualquer outra coisa, produzem o sucesso.”
— Greg Mckeown

Produtividade x benefícios aos trabalhadores?

É inegável para qualquer bom gestor de pessoas que há impactos positivos em contar com uma equipe motivada e satisfeita com seu ambiente de trabalho.

Um colaborador com boa relação com a empresa, se engaja mais e se dedica com maior afinco para atingir suas metas e objetivos, buscando o sucesso da organização.

Pesquisas mostram que um funcionário engajado é muito mais produtivo e muito mais lucrativo em comparação aos colaboradores desengajados.

Essa visão faz com que as empresas negociem benefícios adicionais, e até implemente uma política de benefícios, adequada ao seu negócio e ao seu orçamento, visando o engajamento da equipe, dos quais citamos alguns a seguir:

  • Privilégios como gratificações financeiras, planos de empréstimo e complementações de salário são benefícios monetários, caracterizados por serem concedidos em dinheiro, ou até uma política de Bônus por produtividade.
  • Vale-transporte sem fazer o desconto de 6% sobre o seu salário;
  • Vale-refeição ser mais comum, muitas organizações ainda oferecem refeições na própria instituição por meio de refeitórios, com locais agradáveis e refeições saudáveis e nutritiva;
  • Assistência médico-hospitalar é um diferencial importante para a captação e retenção de bons profissionais, uma vez que é um benefício que diz respeito à saúde e à segurança do colaborador e de seus familiares, é muito valorizado pelos colaboradores devido ao elevado custo do tratamento particular e pela deficiência do sistema público;
  • Programas de auxílio à família, provavelmente não há nada na vida de uma pessoa que seja mais importante do que seus filhos. Nem o trabalho. Aliás, para a maioria o trabalho é a principal forma de prover uma vida digna para os filhos, por isso nesse item se incluí oferta de creches e berçários aos pequenos.
  • Licença paternidade do que o exigido por lei, sendo de apenas cinco dias corridos, e de alguma flexibilidade de horário para mães que amamentam.
  • Plano de previdência privada, além do padrão do FGTS, essa é uma maneira de fazer as famílias pouparem para o término de sua carreira junto a empresa com um valor adicional;
  • Clube de benefícios com descontos em lojas e serviços a disposição do funcionário;
  • Incentivos à carreira e ao desenvolvimento profissional dos colaboradores é uma maneira de a empresa mostrar seu reconhecimento aos profissionais e trazer vantagem competitiva para a organização.
  • Investimentos em lazer, apostar na recreação é uma forma prática de melhorar as relações entre empregados e organizações, trazendo para a organização seus familiares no modelo de clube, para descansos em horas de pausa do trabalho.

Nas medições de clima de um RH é preciso considerar a reeducação financeira e a insistência para que esse assunto seja transmitido como um fator de crescimento aos funcionários, uma vez que o descontrole financeiro, principalmente aqueles causados por compras parceladas, que não se considera as taxas de juros e sim a emoção, pode ser um desmotivador a ponto dos benefícios agora fazem parte da sua composição necessária para pagamento de contas.

É por essa razão que, não pode faltar no rol de benefícios da empresa o treinamento, a capacitação, ou como já dissemos por aqui, o conceito de universidade corporativa, na qual a empresa passa conhecimento aos funcionários tanto das questões técnicas como das questões comportamentais, por exemplo, palestras de finanças pessoais.

O controle e disciplina na gestão dos recursos em família, às vezes, pode até significar — por um tempo — alguma sensação de estagnação, mas vai deixar a família mais equilibrada para assumir compromissos maiores e que beneficiem a todos, como um financiamento para a casa própria.

O fato é que, todos nós — funcionários e empresas — precisamos ter um plano e a disciplina e a consciência de que todos podemos evoluir e crescer é necessário, um caminho a seguir para o crescimento da nossa família, e nesse caminho, os benefícios, vem para complementar e dar tranquilidade para você se manter enquanto planeja em conquistar seus sonhos.

Contar com colaboradores motivados, engajados e satisfeitos é um privilégio para qualquer negócio. Por isso, é essencial conhecer os principais tipos de benefícios oferecidos pelas empresas, suas vantagens e como aplicar cada um deles.

Grupo Alpha Secure. Com o propósito de cuidar de você.

Post tags :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem mais comentada

Canal de denúncia: entenda, utilize e nos ajude a melhorar.

O canal de denúncias tem como objetivo de dar voz aos denunciantes, de forma anônima e com segurança ...

Postagens Anteriores