março sem fundo

Riscos diários que seu condomínio está exposto, saiba como diminuí-los.

É claro que quando escolhemos viver em um condomínio residencial, além do rateio do custo, o fator mais importante nessa decisão é a segurança.

Temos que avaliar muitos pontos para podermos ter certeza de que a segurança do local onde viveremos nos atenderá, por isso, quando se compra um empreendimento alguns fatores são importantes e devem ser analisados, como:

1-     Localização do condomínio. A rua, o bairro, seus vizinhos, além do acesso de como chegar e sair do local.

2-     No bairro, se existe algum posto policial, delegacia próxima para um eventual apoio da forca pública (polícia).

3-     Muros e divisas do condomínio, se são capazes de inibir e garantir que não ocorram invasões sobre os muros.

4-     Acessos de veículos e triagem dos moradores ao chegar em casa, evitando que o próprio morador traga da rua problemas para toda a comunidade.

5-     Acesso de pedestres e procedimentos de como fazer a triagem do morador quando a pé, se existe ou não um controle eletrônico de acesso.

6-     Câmeras e controles das imagens, como exemplo, onde são armazenadas e o que a administração do condomínio faz com seus dados e imagens, se atendem a legislação.

7-     Guarita com layout inadequado para realização do serviço.

8-     Como são contratados os funcionários, quem cobre o intervalo de refeição da portaria. Geralmente é uma tarefa do zelador, mas é importante essa avaliação.

9-      Por fim quem são seus vizinhos, é importante saber de onde vem e a sua rotina.

 Com essa visão queremos demonstrar a exposição de risco que seu condomínio pode estar sofrendo, você já pensou nisso? Não acha que é necessário um especialista para te ajudar? Abaixo segue detalhamento para uma discussão profissional, que pode ajudar seu condomínio.

1-     Localização do condomínio. Importante conseguimos entender qual o tipo de crime e ocorrências na região, assim melhora o plano de segurança.

2-     Importante o seu gestor da segurança se apresentar ao posto policial para que haja uma integração e claro um apoio quando necessário.

3-     Muros e divisas, temos que corrigir com sistemas de proteção periférica, como a cerca elétrica, sensores de infravermelho ou grades e até concertinas.

4-     Portões de veículos é onde ocorrem os ingressos dos carros de moradores. Precisamos de soluções inteligentes, tipo tag, controles remotos anti-clonagem. Importante que tenhamos acesse ao local de estacionamento para saber quem é o proprietário do veículo, além de acompanhamento do desembarque na vaga.

5-     Controle do pedestre e acessos de encomendas. Importante esse controle pois é através desse acesso que entram pessoas e, eventualmente, se a entrada for sem autorização, podem circular pelo condomínio e até arrombar portas de apartamentos sem moradores, causando danos financeiros e morais para os moradores.

a.      Delivery, temos que ter um procedimento padrão para ajustar a rotina dos funcionários e moradores.

b.     Encomendas, quem recebe a encomenda tem que ser responsável pela entrega, logo é necessário um controle especial.

6-     Câmeras e controles das imagens, aparentemente são todas iguais, mas não se enganem, produtos de qualidade custam mais caro e contratar um sistema básico é certeza de problemas no futuro.

a.      Cadastro e controle com nome, telefone de morador, cabe um capítulo especial para atendimento da lei de proteção de dados LGPD, assim nunca deixe suas informações sem que tenham garantia de controle.

7-     Prédios com guaritas inadequadas para realização do serviço de segurança ao morador, devem ser revistos e obras de melhorias realizadas, vidros e portas blindados, com banheiros internos é uma solução, além de uma visão da fronte do condomínio.

8-     Geralmente deixamos com a administradora essa função, mas é importante saber quem presta serviço para sua comunidade, um duplo checkin se faz importante.

a.      Escalas de trabalhos são uma coisa que poucos conhecem e se não for bem trabalhada pode gerar sérios problemas trabalhistas.

b.     Coberturas de intervalos de refeição em uma portaria é sempre um problema, nunca pode ser feita pelo faxineiro e o zelador é responsável por organizar ou suprir essa demanda. Saiba que esse horário é o preferido de furtadores que acessam o prédio em um momento de fragilidade e despreparo da equipe que cobre o almoço do porteiro.

9-     Conhecer o morador, parece ser uma invasão de privacidade, mas não é, pois, se vivemos em uma comunidade fechada (condomínio), precisamos saber quem tem acesso ao prédio para entender a rotina.

a.      Quem não ouviu falar de unidades arrombadas porque o morador guardava dinheiro ou joias em casa?

Segurança, é uma soma de ações tomadas pelo gestor do condomínio, entendida pelos moradores e aplicadas pelos funcionários, em um equilíbrio que nenhum deve ser mais pesado que o outro, ou seja, todos respeitando a sua função dentro do condomínio. Regra básica que tende a dar quase sempre certo. Pense nisso……

Quer saber mais fale com a ALPHA SECURE, e seus consultores de segurança para esclarecimento de suas dúvidas. Esperamos seu contato.

Grupo Alpha Secure, evoluindo pessoas.

Post tags :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem mais comentada

Canal de denúncia: entenda, utilize e nos ajude a melhorar.

O canal de denúncias tem como objetivo de dar voz aos denunciantes, de forma anônima e com segurança ...

Postagens Anteriores