Logo Alpha C_Fita

Gerenciamento de Crise, entenda.

“Crise é um evento ou situação crucial, de proporções anormais, não rotineira e que exige uma resposta especial de uma organização, afim de assegurar uma solução aceitável. ”

FONTE: FBI – Federal Bureau of Investigation dos Estados Unidos

Quando tratamos o assunto dentro de um ambiente corporativo podemos dizer, que qualquer diferença entre uma situação desejada e a situação atual, será um problema, portanto, o resultado não foi atingido em comparação ao planejado. Em relação aos funcionários, a diferença entre os parâmetros da contratação versus o serviço realizado, se esse for insatisfatório, pode comprometer toda a organização, logo, podemos entender como uma crise. Quando olhamos para o mercado, se sua empresa não está no mesmo crescimento dos concorrentes podemos entender estar em um momento de crise.

Quando tratamos de emergência, entendemos ser um evento imprevisível e fortuito que acarreta a necessidade de atendimento ou socorro imediato para evitar o agravamento dos danos ou minorar suas consequências, como alguns eventos que citamos:

  • Ações criminosas;
  • Incêndios;
  • Inundações;
  • Queda de energia;
  • Ataque terrorista;
  • Acidentes de veículo;
  • Acidentes de trabalho;
  • Motins;
  • Surtos;
  • Pandemias.

“Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida.” (Platão)

Imprevisibilidade: a crise é não seletiva e inesperada, isto é, qualquer pessoa ou instituição pode ser atingida a qualquer instante, em qualquer local, a qualquer hora.

“O sucesso vem para aqueles que conseguem sobreviver à crise. ” -Provérbios chinês.

O que se trata o Gerenciamento de Crises

É o método de identificação, para obter e aplicar os recursos necessários à antecipação, prevenção e resolução de uma crise. O gerenciamento de crises é uma atividade que visa à preservação da vida humana e/ou redução de perdas no momento que ocorre uma ameaça, além da ruptura do processo produtivo de determinada empresa ou organização, bem como a manutenção e preservação de sua imagem junto ao público externo. Então, o Gerenciamento de Crises são medidas que visam minimizar os impactos negativos, dos riscos pessoais ou corporativos.

Esta atividade possui alta criticidade visto que lida com situações inesperadas, logo se mal trabalhada poderá influenciar diretamente na continuidade do negócio ou organização, causando até a cessão de suas atividades.

Exemplos de crises x suas causas:

  • Prejuízo financeiro: Se a sua empresa sofrer um prejuízo financeiro, talvez seja preciso recorrer aos fornecedores e credores ou mesmo demitir funcionários. Você pode se planejar para este cenário mesmo sem conhecer a causa de uma possível crise financeira. 
  • Falha tecnológica: um incidente tecnológico pode deixar os seus clientes sem acesso durante um período prolongado. Este tipo de crise, afeta a sua reputação e os seus resultados, por isso é importante estar preparado para esta situação. 
  • Catástrofe natural: é possível preparar-se para algumas catástrofes naturais considerando o local onde você se encontra. Por exemplo, se a sua empresa está em um território que tenha risco de enchente, elabore um plano que envolva a evacuação de pessoas, comunicação com clientes, recuperação pós-catástrofe e muito mais. 
  • Mudanças operacionais: embora elas não pareçam constituir uma crise tradicional, deve-se ter um plano de prontidão para uma grande mudança inesperada na liderança. Além disso, o seu processo operacional pode ser afetado se for necessário despedir muitos funcionários, e o público talvez deva ser informado. 
  • Incidente organizacional: há sempre a possibilidade de a empresa ser acusada de má conduta ou irregularidades, e, nesta situação de crise, você precisará de um plano de resposta, que pode envolver a emissão de um pedido de desculpas público e uma estratégia de recuperação.

Prepare a sua equipe com a gestão de crises

Quando se dispõe das ferramentas certas é mais fácil criar um plano de gestão de crises, o ideal é sempre monitorar e trabalhar na prevenção, pois a zona de conforto costuma atrapalhar e deixar sua operação em risco.

Crie um grupo de gestão de Crises, faça um plano de ação, com um protocolo de ativação claro e objetivo, multiplique dentro de sua empresa ou grupo, e sempre revise com sua equipe. Facilitar a compreensão do seu plano de crise, deixando claro que todos na sua empresa podem aumentar a chance e ajudar na recuperação em caso de crise.

Lembre-se, a resposta rápida pode fazer a diferença na sobrevivência do negócio, do trabalho ou a vida humana.

Dica: esteja de prontidão para gerir em meio a uma mudança brusca.

Grupo Alpha Secure.

Post tags :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem mais comentada

Canal de denúncia: entenda, utilize e nos ajude a melhorar.

O canal de denúncias tem como objetivo de dar voz aos denunciantes, de forma anônima e com segurança ...

Postagens Anteriores