Design sem nome (39)

Maio Amarelo, seu comportamento salva vidas no transito.

Maio Amarelo, é mais uma edição da campanha do Governo Federal, para chamar a atenção de motoristas e pedestres de que “No trânsito sua responsabilidade salva vidas.

Mortes no trânsito

Segundo estimativa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), estima-se em 45 mil mortos anuais e R$ 50 bilhões de custo econômico resultado dos acidentes de trânsito no Brasil.

“Quando consideramos a perda de 45 mil mortes e que, esses acidentes representam a principal causa de mortes de crianças entre 5 e 14 anos no país, vemos uma situação ainda mais alarmante, inaceitável para uma sociedade evoluída como a nossa”.

As grandes cidades possuem trânsito agressivos, que beiram o absurdo, em razão das pessoas descarregarem nos veículos a briga por – espaço e tempo – colocando a vida sob risco, restando a nós, como sociedade, recorrermos a educação e conscientização como instrumentos para atingirmos a melhoria da relação entre motoristas, motociclistas e pedestres.

A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu os anos de 2021 a 2030 como a Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito, definindo como meta a redução de, pelo menos, 50% de lesões e mortes no trânsito no mundo inteiro.

Se conseguirmos alcançar essa meta salvaremos, em média, a vida de 86 mil Brasileiros. Perceba que vale a pena.

No trânsito do Brasil, morrem cerca de 3500 pessoas por mês, 32 718 pessoas por ano, sendo 11.853 motoqueiros, 6752 motoristas, 5120 pedestres, 1352 ciclistas, por ano dados de 2020.

Por que amarelo?

O Amarelo foi escolhida para a campanha por simbolizar a atenção e a própria sinalização de advertência no trânsito.

Ao mesmo tempo, o laço – símbolo já comum nas campanhas – representa a união em prol de um objetivo em comum – no caso do “maio amarelo”, o da promoção de um trânsito mais seguro.

1) Direção defensiva

A direção defensiva ocorre quando o condutor está sempre preparado e atento para evitar riscos de acidente. As técnicas estão agrupadas em cinco elementos básicos: conhecimento, atenção, previsão, habilidade e ação.

2) Quer buzinar? Só quando necessário

Tenha paciência no trânsito e evite buzinar por qualquer motivo. A buzina é um item obrigatório, mas deve ser utilizada somente para chamar a atenção de quem está ao seu redor.

3) Seta não é opcional do veículo  

No trânsito, é preciso existir uma comunicação eficiente entre os condutores. O uso correto das setas é essencial para comunicar as intenções de cada um nas vias. Essa ferramenta permite que os condutores consigam se programar para reduzir a velocidade ou frear a tempo quando necessário.

4) Trânsito não é corrida de velocidade

Para garantir boas práticas no trânsito, respeite os limites estabelecidos em cada local. Dirigir em uma velocidade segura possibilita que o condutor tenha maior agilidade e segurança caso precise reagir a obstáculos na via.

5) Nada de dirigir e mandar mensagem

O uso do celular ao volante, mesmo que por alguns segundos, é tão perigoso quanto dirigir embriagado. Deixe o aparelho guardado, já que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a prática é considerada uma infração gravíssima. Em caso de necessidade, estacione e desligue o veículo para manusear o celular.

6) Mantenha distância segura de outros carros

Manter distância de outros veículos é essencial para minimizar as consequências de uma distração e prevenir acidentes. A prática facilita que o condutor tenha mais tempo para reagir em uma situação de risco e maior espaço para manobras. Sempre que estiver colado em outro veículo, o condutor deve frear e se distanciar.

7) Use cinto ou equipamentos de segurança

Segundo estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, o uso do cinto de segurança no banco da frente reduz em 45% as chances de lesões graves em acidentes e, nos bancos de trás, os passageiros ficam até 75% mais seguros.

Já para os motociclistas, o uso de capacetes é obrigatório, e as luvas, botas e jaqueta é essencial para evitar lesões em caso de acidente.

8) Respeite a sinalização

O Código de Trânsito Brasileiro apresenta um conjunto de sinais definidos para melhorar a fluidez das vias e aumentar a segurança de motoristas e pedestres. Respeitar a sinalização é uma das principais regras para uma boa convivência no trânsito.

9) Realize manutenções periódicas

Duas das principais medidas preventivas são a inspeção e manutenção regulares do veículo. Acompanhe o funcionamento dos limpadores de para-brisa, dos pneus, faróis, sistema de freio e correia dentada. Um veículo bem cuidado traz mais segurança.

10) Respeite a faixa de pedestres

Todo condutor eventualmente é um pedestre no trânsito. Uma boa prática é ser educado e esperar as pessoas atravessarem a faixa e dar passagem para quem precisa.

A empresa Alpha Secure apoia essa iniciativa e pede a você que atenda esse objetivo pois a sociedade civil tem que entender que a vida é a coisa mais importante e temos que preservá-la a qualquer custo, pois é uma das nossas obrigações.

Lembre-se que tem alguém te esperando…

Equipe Alpha Secure.

Post tags :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem mais comentada

Canal de denúncia: entenda, utilize e nos ajude a melhorar.

O canal de denúncias tem como objetivo de dar voz aos denunciantes, de forma anônima e com segurança ...

Postagens Anteriores