Design sem nome (31)

O que não fazer na posição de liderança – Parte I

Ser um líder de sucesso nunca foi tarefa fácil. Gerenciar pessoas, definir metas, delegar tarefas, manter-se atualizado e inspirar seus liderados são apenas alguns dos desafios enfrentados diariamente por quem ocupa essa posição. E, em um cenário cada vez mais dinâmico — em que ferramentas, tecnologias, planos e diretrizes mudam rapidamente, a pressão para desempenhar todas essas funções com excelência também aumentou. Abaixo seguem algumas informações do que NÃO fazer na posição de liderança:

  • Impor sua vontade como a única certa 

Não use sua posição de liderança para impor decisões. Por mais que você esteja em um lugar de maior responsabilidade, é mais apropriado não se aproveitar disso para aplicar um poder desnecessário. É importante ouvir e envolver a equipe nas questões cabíveis ao time.

  • Criticar publicamente

Algo que jamais deve acontecer é uma correção pública. Certamente, haverá momentos em que, como líder, você precisará corrigir, orientar e instruir pessoas. Mas isso deve ser feito de forma discreta e com ponderação, para não causar constrangimentos em seus liderados.

  • Adiar tomadas de decisão

Por mais que seu time seja participativo no dia a dia, algumas vezes, você precisará estabelecer coisas sozinho. Nessas horas, quanto mais ágil for, melhor será visto como um líder eficiente. Já que demorar para tomar decisões indica um ar de desinteresse para a tarefa em questão e isso pode provocar um grande desconforto na equipe.

  • Ficar excessivamente preso às regras

Inicialmente, essa não é uma sugestão para quebrar regras da empresa. Entretanto, às vezes, ficamos tão presos a alguns protocolos que eles acabam sendo impedimentos para que o trabalho flua livremente. 

Por isso, é possível rever alguns processos dentro do time, reformular metodologias utilizadas, criar novas formas de trabalhar, focar na melhoria contínua com resultados perceptíveis. Cada equipe pode ter suas próprias diretrizes, logo, não significa que elas devem permanecer sempre no mesmo formato.

  • Propor metas inatingíveis 

Metas são importantes. Estabelecer objetivos e criar estratégias para atingí-los é muito funcional. Mas como líder, não estabeleça metas impossíveis. Porque isso trará frustração, quando a meta não for atingida, uma pressão desnecessária no time para chegar naquele lugar utópico e muito desgastante. 

Entenda que é interessante ter metas ousadas, quando você percebe que isso faz sentido para o seu time, mas se isso causa mais malefícios do que benefícios, o escopo deve ser revisto.

Como vimos, selecionamos apenas alguns itens que não devemos fazer. Logo, é preciso ter bastante atenção para não cometer esses erros. Se você percebeu que suas atitudes indicam uma má liderança, já deu o primeiro passo para sua melhora: querer mudar.

Na próxima semana publicaremos a parte 2 desse tema. Boa leitura!

ALPHA SECURE, evoluindo pessoas!
Fevereiro/2024

Post tags :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagem mais comentada

Canal de denúncia: entenda, utilize e nos ajude a melhorar.

O canal de denúncias tem como objetivo de dar voz aos denunciantes, de forma anônima e com segurança ...

Postagens Anteriores